Mulher no Jardim

Hoje, Dia das Mulheres, homenagem justíssima, dado que a opressão não arrefeceu, jamais, esta data, internacional, celebrada a 8 de Março, traz todo um simbolismo de luta pela opressão contra o sexo feminino que o mundo capitalista tenta obnubilar, transformando-o em um dia mais comercial do que de reflexão sobre o porquê e o desdobramento desta luta, mal iniciada, pelos direitos plenos da mulher. O blogue homenageia a todas as mulheres do mundo, mas faz questão de pontuar e de enaltecer alguns nomes de pessoas que entraram para a história por terem tido a altivez de transpor os limites impostos pela sociedade reacionária internacional e se transformaram em mulheres bem à frente do seu tempo. Nunca é demais lembrar que a luta pela emancipação feminina, mesmo não se confundindo com a luta maior, pela própria superação humana, não pode ser compartimentada tão-somente no âmbito da “guerra de sexos”. É a pugna por uma sociedade de libertação. A opressão não tem gênero, e sim tem interesse eterno de dominar. Enquanto a pauta de reivindicações se dá, no “mundo civilizado” (Sic!), por melhores salários, isonomia ocupacional, mulheres estão sendo oprimidas pelos pré-históricos travestidos de religiosos, meninas estão sendo mutiladas genitalmente, em alguns países da África, ou seja, é uma luta desigual, assimétrica, mas não se esgota no nosso “moderno” mundo ocidental, “cristão”, “iluminista”. Estas mulheres às quais nos reportamos, de modo especial, reitere-se, transpuseram os limites do seu tempo. Não aceitaram o que parecia ser fatal e imutável, transcenderam os limites patriarcais (e até a si próprias!), ousaram, disseram não:

Grace Murray Hooper, Sra. Nanossegundo, ensinou a muito marmanjo como se faz ciência e criou o primeiro compilador utilizável, não-conceito;
Hedy Lamarr, cujas pesquisas em radiofrequências e em dispositivos remotos levaram à criação do sistema WiFi, bem como dos celulares e do Bluetooth, revolucionou o mundo das comunicações. Isso mesclado à sua vida como atriz, com todas aquelas formalidades e acepipes;
Ada Lovelace, pioneira na programação, a linguagem Ada é em sua homenagem;
Cleópatra, grande estrategista militar, mudou, literalmente, a trajetória da humanidade, malgrado lhe seja sempre evocada a beleza física, o que lhe fazia jus. Primeira poligloto e estrategista feminina da história;
Anita Garibaldi, a heroína ítalo-brasileira, a unificadora, teve uma vida intensa e breve;
Marie Curie, doou, literalmente, sua vida à descoberta de elementos radioativos. Laureada duas vezes com o Prêmio Nobel;
Joana D´Arc, a heroína da França, símbolo da pureza e do ativismo contra o domínio dos ingleses;
Rosa Parks, a mais ilustre combatente do etnicismo, uma vida de luta pela dignidade humana;
Clara Vieck Schumann, aquela que carregou, a vida inteira, um piano, mas não desistiu da música, nem aceitou o ostracismo; e outras pessoas do sexo feminino que mudaram o mundo.
A elas, e a todas as mulheres, a nossa mais sublime e sincera homenagem. Que o mundo continue a produzir mais e mais mulheres de luta. Estas mulheres, reitere-se, mudaram o mundo e talvez quisessem, algumas, só dizer não à sua, contextual, opressão, como fez o personagem Yentl. Lutar contra o estabelecido. Transpor, transcender. Isto é ‘genitalmente’ humano, ou não? Pela aurora da humanidade, vivam todas as mulheres.

Anúncios

6 comentários sobre “Homenagem Às Mulheres. Ode À Pessoa Humana!

    1. Boa tarde.

      Parabéns a nós todos, os que não renunciaram à luta, caro Revenger. Obrigado pelo retorno.

      Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
      Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

  1. Parabéns pela força de suas palavras transmitidas pela escrita. Defender as mulheres é defender a existência humana. Defender a nossa Presidente, Dilma é defender a democracia e a legalidade.

    1. Bom dia.

      Luiz Carlos Cabral (9 de março de 2015 às 10:52):

      Parabéns pela força de suas palavras transmitidas pela escrita. Defender as mulheres é defender a existência humana. Defender a nossa Presidente, Dilma é defender a democracia e a legalidade.“.

      Obrigado, caro Luiz Carlos Cabral. É uma justíssima homenagem àquela que, na melhor das hipóteses, cumpre jornada dupla.

      Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
      Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

  2. Obrigada por sua homenagem. Ainda precisamos de muita luta para que as
    novas gerações sintam-se fortalecidas e compreendam o processo evolutivo da humanidade.

    1. Boa noite.

      Obrigado pelo retorno. Pela emancipação humana.

      Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
      Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

Se Desejado, Comente Sobre Este Tópico!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s