Faleceu Fidel (O Homem); Sua História, Sua Luta, Perdurarão!

Faleceu nesta Sexta-Feira, 25 de Novembro, um dos mais importantes líderes mundiais. Nascido Fidel Alejandro Castro Ruz, mostrou ao mundo que é possível resistir aos impérios, sem se tornar um simples protetorado, mesmo tendo o azar de lhes circunvizinhar, criar seu próprio modo de repartir as benesses (e as dores) dos modos de produção de um país.
O Comandante Em Chefe da Revolução Cubana Faleceu às 22:29´ de hoje., anunciou Raul Castro, em declaração lida na Televisão Nacional; após o solene e breve anúncio, Raul evoca um tonitruante Até A Vitória, Sempre.
Em seguida, como parte do desejo do falecido Fidel, anunciou a sua cremação. Haverá nove dias de luto oficial, segundo se pode ler no Le Monde.
Para entender Fidel, mesmo com todo viés de uma escrita não-isenta (não as conheço!), pode-se ver sua trajetória aqui.
Para entender sua luta, é necessário que se pense no contexto cubano de antes da Revolução. Cuba era o paraíso dos estadunidenses, em todos os aspectos. Um testa de ferro vendilhão, como sempre o são (Fulgência Batista), uma sociedade empobrecida, explorada, vilipendiada, utilizada como bucha de canhão pelos “gringos”. Mulheres “fáceis”, “disponíveis”, “baratinhas, quase de graça”; o que um praça estadunidense haveria de desejar mais? O nome “puteiro” só deixou de referenciar Cuba após a queda do canalha pró estadunidenses.

Fidel, filho de rico fazendeiro, seria responsável pela maior revolução política nas Américas e por mudanças indeléveis no xadrez geopolítico da América latina, na África, Ásia, em todo o globo. Não admira a perseguição implacável advinda do império. A contrapartida é que, ao desafiar o império, outros pagarão com a ‘proteção ideológica’ deste. Os vários golpes militares, tão em moda no ´60 (Chile, Brasil, Argentina, Colômbia, etc.), e, ora, os golpes “com as instituições funcionando”, o que são, senão a garantia de não haver surpresas “antidemocráticas” (além, claro, de umas vantagenzinhas para a Matriz, como sói)? De qualquer modo, não se pode garantir que, sem Fidel ter tornado Cuba uma Nação soberana, não estivéssemos no mesmo atoleiro de ora.

Fidel criou em Cuba o que viria a ser o protótipo de um Sistema Social Universal de Saúde. A medicina mais avançada do mundo não o é por acaso. Garantiu, na prática, a universalização da Educação nos mesmos moldes da Saúde, melhoria de vida dos menos favorecidos, através de mecanismos legais.

Fidel e MandelaMas a luta de Fidel era maior do que Cuba, apesar de muitos obstáculos.

O seu maior legado, é, sem dúvida, ter tornado a bela ilha caribenha um país, mais do que isso, uma Nação. Cuba soberana, apesar da vizinhança nefanda.
Pode se dizer qualquer coisa de Fidel, menos que não amasse seu país. Foi graças à luta do grande líder que Cuba se tornou um local digno, bem distante do lupanar, em todos os sentidos, do testa de ferro Fulgêncio Batista. Sua luta serviu e servirá de inspiração a todos os libertários do mundo, pela luta contra o preconceito (lembre-se do quão importante o foi, na derrubada do Apartheid), a dominação, o servilismo, o o entreguismo, tão comum (e rentável, para alguns), por estas bandas.
Graças a Fidel, hoje é possível ir a Cuba e não se tratar de uma ida às chicas, literalmente.

Por fim, parafraseando um velho adágio do grande mestre, diria: — “Hoje, haverá mais uma estrela no firmamento, olhando, com carinho, para a América Latina. E, com certeza, não se trata de um de seus vendilhões. É a estrela da fidelidade latina…“.
Morre o homem Fidel. Suas ideias, porém, perdurarão enquanto houver a verdadeira humanidade.

Anúncios

10 comentários sobre “Faleceu Fidel (O Homem); Sua História, Sua Luta, Perdurarão!

  1. Olá, prezado Morvan…

    Até aqui esses FDPs da direita infestam o ar… Paredão para esses vírus, esses cânceres da humanidade. Estou passando por aqui para cumprimentá-lo pelo excelente texto (sobre o benfeitor dos seres humanos Fidel Castro). E parabéns por ter a consciência que tem, que não é um dom mas resultado do esforço de buscar mais e mais e sempre a razão das coisas, da vida e do mundo. Copiei os coraçõezinhos que seguem em minha assinatura nos diversos blogs progressistas (inclusive Professor Hariovaldo) de uma mensagem sua há muito tempo em um desses blogs (não tenho certeza se no ConversaAfiada, Viomundo ou outro(s)). Adelante ! ! ! ! !
    :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando:
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas, ou seja: sem vaselina) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
    ::

      1. E aproveitando suas (possíveis) dicas, que distribuição linux atual (em português) você indicaria para alguém que não conhece o suficiente nem do Rwindows (que utilizo, em casa, o 7 Ultimate, em português) e menos ainda do linux ? Já usei e gostei bastante do Kurumin mas era uso muito ocasional, só do “drive” de CD, quando havia algum problema ou mesmo só para testar, conhecer (o que também não fiz muito, ou seja: não me aprofundei). Sou daquele tipo que mal sabe ligar o computadoido, apesar de ter noções mínimas de html (3!!!!!) para criar algumas páginas que mantenho para a (Biblioteca da) escola e só, ou seja, mais um que entra pelo cano da especialização, que é saber “muito” de pouca coisa, de uma parte só. Considerando bem, vejo que não sei nem mesmo o básico de informática. Pra você ter uma idéia, até hoje não sei direito o que diabos é e/ou como funciona o tal de torrents… Incrível, não ? É mesmo verdade que já existem vírus de/para linux ? Ou é apenas mais uma intriga da oposição ? E sua sugestão, qual seria? Talvez o Ubuntu ? Ou uma nacional, boazinha, como era (pra mim) o Kurumin (e/ou o Kalango), seria a tal de DuZeru ? Aliás, qual é mesmo a (distribuição linux) que você, prezado ativista progressista, utiliza (ou me indicaria, para principiante) ? Mais uma vez, grato e saudações progressistas.

        1. Bom. Vamos a la Jack, por partes:
          Distribuição Linux é muito subjetivo. Se você é iniciante, o ideal seria o Ubuntu.
          Cada distro (Distribuição) GNU-Linux tem seus prós e seus contras, mas utilizo, em casa o Fedora, e corporativamente o Ubuntu, que é a Distro homologada no Estado do Ceará.
          O Torrent é um sistema de distribuição descentralizada de arquivos. Por ele, eu baixo filmes, séries, etc., sem um servidor central o que agiliza em muito.
          Há viŕii para Linux, mas se sua máquina estiver bem configurada, eles não passarão do seu “Home”, da sua área de trabalho.
          Saudações democráticas.

          1. Valeu ! Grato. Vou apostar no Ubuntu, do qual devo ter pelo menos 3 discos de mídia (DVDs) com versões diferentes (adquiridas há algum tempo, no MercadoLivre, no mínimo há um e/ou dois, três anos) e mais algumas em HDs baixadas da internete, inclusive recentemente, já neste semestre (ubuntu-16.04.4-desktop-amd64.iso). Estou perdendo a paciência com o Rwindows, apesar de que na Escola em que trabalho (estadual, bem aqui, pertinho, em Teresina, PI) só usam sistemas operacionais da Micosoft nos computadores da diretoria, coordenação e secretaria (não sei com certeza se no Lab. de Info. usam Linux, acho que não, mesmo com o governo daqui sendo teoricamente progressista). Não vou mais tomar o seu tempo, bastou ter feito essa preciosa, porque confiável, indicação. Vou tentar primeiro o ‘dual-boot’, se possível, e depois passar de vez para o Ubuntu. E procurar saber mais de Linux, sobre o que tenho alguns livros nunca lidos. Mais uma vez, grato e saudações democráticas progressistas.

          2. Cláudio (Poeta anarcoexistencialista) (5 de abril de 2018 às 02:13:

            Valeu ! Grato. Vou apostar no Ubuntu, do qual devo ter pelo menos 3 discos de mídia (DVDs) com versões diferentes… Vou tentar primeiro o ‘dual-boot’, se possível, e depois passar de vez para o Ubuntu…

            Cláudio, melhor baixar, via Torrent, para ganhar bastante tempo, o Ubuntu mais atual, a ser lançado em 26 deste, até mesmo por ser LTS (Long Term Support, com dois anos de suporte da Cannonical).
            Quanto ao Dual Boot, eu advogo que você instale o Ubuntu e rode o Windows virtualizado (ou o inverso!). Basta instalar, no Windows ou no GNU-Linux, um Virtualizador. Sugiro o VirtualBox, por ser multiplataforma e ser muito fácil de trabalhar com ele. O Dual Boot está em franco desuso, graças aos Virtualizadores, os quais permitem rodar vários Sistemas Operacionais sem dar arranque na máquina, permitindo que os estudemos, por exemplo.

  2. Diz ser a favor da DEMOCRACIA, mas chorou pela morte de um DITADOR.

    É contra a PENA DE MORTE, mas lamentou a morte de quem mandava FUZILAR opositores.

    Faz discurso em defesa dos POBRES e contra os BURGUESES, mas faz textão exaltando um dos caras mais RICOS do mundo (segundo a Forbes) em um país que vive na MISÉRIA.

    Faz campanha CONTRA A HOMOFOBIA, mas se entristece por morrer alguém que PERSEGUIA HOMOSSEXUAIS matando-os ou mandando para campos de trabalho forçado.

    Sim amiguinho de esquerda, você é um grande hipócrita!

O Blogue se reserva no direito de não publicar Comentários quando chulos, fora do tópico e | ou possa conter SPAM.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s